Polícia investiga morte da criança atingida na cabeça enquanto brincava na laje de casa

A Polícia Civil está investigando o caso do menino Marlon de Andrade, de 10 anos, que morreu com um tiro na cabeça, na tarde deste sábado, enquanto brincava com um grupo de crianças no quintal de sua casa, no Morro Cantagalo, na Zona Sul do Rio. No momento em que ele foi atingido, as crianças estavam brincando com uma arma.
Um adolescente de 17 anos foi apreendido suspeito de ter emprestado a arma para as crianças. Ele acabou sendo agredido pelos moradores e depois detido por policiais. O menor foi levado para a 12ªDP (Copacabana), onde prestou depoimento. De lá, ele foi levado para o Hospital Miguel Couto para receber atendimento e tratar dos ferimentos. Quando receber alta, será encaminhado para a Delegacia de Proteção à Criança e Adolescente (DPCA).
A Polícia Civil está investigando se Marlon foi vítima de disparo acidental, bala perdida ou se foi o próprio adolescente que atirou na criança. Junto com ele, a polícia apreendeu uma pistola 9mm com nove cartuchos. O adolescente já havia sido preso anteriormente por agentes da 13ª DP, acusado de ter praticado roubos e furtos.
De acordo com a Polícia Militar, no momento não havia confronto com agentes e criminosos na região. A corporação também ressaltou que não houve registro de socorro prestado por policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Cantagalo/ Pavão-Pavãozinho

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s